sábado, 8 de novembro de 2014


Intitulado como "Spirit in the Dark", seria o terceiro álbum de estúdio de Lindsay Lohan.

Neste mês, o terceiro álbum de estúdio de Lindsay Lohan, intitulado "Spirit in the Dark" e que nunca foi lançado, completou 6 anos. O álbum seria lançado no dia 4 de Novembro de 2008, tendo como single promocional, a faixa "Bossy", e como carro chefe, a música "Playground" que seria uma colaboração com o cantor e produtor Pharrell Williams. "Bossy" alcançou a primeira posição na Billboard Hot Dance Club Songs e o peak de setenta e sete no Canadá, sendo a primeira a estrear no país, mas no entanto a música serviu para Lindsay, mostrar aos fãs como seria a sonoridade do álbum. Um dos principais produtores envolvidos na gravação do álbum, foi o renomado Stargate, e também The Neptunes, Timbaland, JR Rotem, Bloodshy & Avant, Snoop Dogg, Akon e Ne-Yo. Lindsay foi adiando o projeto até meados de 2010, alegando que estaria trabalhando novamente em algumas músicas. Ela apresentou algumas canções na festa de aniversário do blogueiro Perez Hilton, e durante o processo de finalização do álbum, foram vazadas diversas faixas na internet, entre elas: "Stuck", "Can't Stop, Won't Stop", "I Wanna Be Bad", "Stay", "Too Young to Die" (que foi declarada como uma parceria entre Lindsay e a cantora Britney Spears, mas que na verdade se tratava da cantora Lolene em parte dos vocais da canção) e "Walka Not a Talka" em parceria com o rapper Snoop Dogg. Em 2010, Lindsay disse através de sua conta no twitter, que a música "Can't Stop, Won't Stop", teria um videoclipe. Foram divulgadas diversas tracklists, mas nenhuma nunca foi confirmada oficialmente. Todo o projeto acabou sendo arquivado e cancelado.


COMPARTILHE :

( 0 comentários... read them below or Comment )